Champéry – SUÍÇA

Champéry é puro sinônimo de freeride. Esta ainda pouco conhecida localidade de esqui localizada no Valais, é indicada quase exclusivamente para os fissurados do freeride. O vilarejo é bonito e confortável, com todos os serviços básicos, não oferece muitas distrações, mas tem ótimos restaurantes e magníficos vinhos locais. Lá os hábitos são de comer bem, dormir e acordar cedo para desfrutar de um dos melhores picos para fazer powder da Europa. Tem para todos os níveis e algumas áreas de freeride tem acesso tão fácil que podem ser iniciadas e/ou terminadas usando tranquilamente as pistas e os meios de elevação. Champéry faz parte de uma imensa área de esqui conhecida como Port du Soleil, considerada a maior do mundo, com mais de 650Km de pistas. Trata-se de um território localizado entre a Suíça e a França, incluindo também destinos invernais bem mais animados e badalados, porém, esse lado da montanha é estrategicamente o mais perto das áreas dedicadas ao freeride: algo para os verdadeiros fissurados da first track! Além disso, a pista chamada Pas de Chavanette, comumente indicada também como Le Mur Suisse (O Paredão Suíço), é uma das mais íngremes e técnicas do planeta: em pouco menos de um quilometro e com um desnível de cerca de 400 metros, esta pista apresenta inclinações de até 50 graus e traçar a primeira linha lá com powder, é sempre uma emoção sem iguais.


Clique para ampliar.



Champéry em pílulas:

  • ARVA/Bacon indispensável (pode ser comprado/alugado na localidade);
  • Mais de 650Km de pistas oficiais, sem contar os freeride de fácil acesso;
  • Le Mur Suisse;
  • Diversos e ótimos snowparks à disposição;
  • Esquiar entre Suíça e França;
  • Comida e vinhos locais.

 

 

Temporada invernal 2018
As nossas propostas para curtir de forma única e especial essa localidade:

 

Itinerário aconselhado:

  • Voo direto SP-Zurique (cerca de 11h00);
  • Trem do Aeroporto de Zurique até Champéry (cerca de 4h00), com duas trocas de trem:
    1. de Zürich Flughafen até Lausanne;
    2. de Lausanne até Aigle;
    3. de Aigle até Champéry.

 

Dicas para a viagem:

  • Não é necessário visto para turismo;
  • O aeroporto de Zurique é indicado como Zürich Flughafen;
  • A estação do trem é localizada no aeroporto, no piso térreo;
  • Para comprar as passagem dos trens ou ver os horários e os valores:
  • Língua inglesa plenamente suportada durante todas as fases da viagem;
  • Moeda oficial é o Franco Suíço (em média 1CHF=1USD), mas também circula livremente o Euro, que é aceito e trocado sem dificuldades.

 


 

Para solicitar orçamento:

RESERVAS:

Para efetuar sua reserva, você precisa:
1) Escolher destinos e datas,
2) Consultar disponibilidade entrando em contato com um dos nossos operadores:

operadora@snowbagging.com.br

Comments are closed.